MPIAUÍ

Olho D' Água do Piauí

Por: JOSILEIA MENDES FONE: (86) 9 9954-0454 E-MAIL: acsmendes78@gmail.com Jô Mendes é colaboradora do Município de Olho D'água do Piauí. Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes nesta página são de RESPONSABILIDADE CIVIL E PENAL EXCLUSIVA do colaborador eventual responsável por esta página.

Fazendeiro é morto a facadas após briga por terra em Olho D’Água do Piauí

Postado em 07/02/2017 15:23:04

Pai e filho foram presos acusados de terem assassinado a facadas o fazendeiro Otaviano Marques, 46 anos de idade, na localidade Santa Rita, zona rural da cidade de Olho D’água do Piauí. O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (7).

Segundo informações preliminares, uma grande confusão entre a vítima e acusados teve inicio por conta da posse de um terreno localizado próximo a cidade de Olho D’Água do Piauí.

Uma pessoa, identificada apenas como Osmir, foi socorrido e levado às pressas para Teresina. Ainda segundo informações, outras pessoas se encontram feridas no Hospital Municipal Senador Dirceu Mendes Arcoverde, em Água Branca.

Otaviano era fazendeiro na localidade Santa Rita município de Olho D’Água do Piauí e também proprietário de um açougue no mercado público de Água Branca.

Em conversa com um policial militar, fomos informados de que a PM está tomando todas as providências no sentido de apurar os verdadeiros motivos da confusão.

O corpo do fazendeiro já se encontra no hospital em Água Branca.

Segundo informações repassadas pelo Comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, na cidade de Água Branca, Major Lacerda, um homem identificado como Osmir Teixeira Gomes é o principal acusado de ter praticado o homicídio.

Osmir se encontra no pronto socorro do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O mesmo levou alguns tiros de revólver e seu estado de saúde é considerado grave. Osmir está sob custódia da Polícia Civil.

Ainda segundo informações do Major, Claudio Gonçalves Teixeira, filho de Osmir, se encontra na Delegacia de Polícia Civil em Água Branca, acusado de ter participado do crime. O mesmo nega participação.

Compartilhar

ComentÁRIOs