MPIAUÍ

Secretário de Cultura é impedido de falar na tribuna da Câmara Municipal

João Germano Filho, Secretário de Cultura do Município de Barras
Postado em 28/03/2017 09:20:04

O inteligente e polêmico Secretário de Cultura de Barras, carnavalesco João Germano Filho, vestiu uma roupa nada original  para participar na Câmara Municipal da sessão da noite desta Segunda-feira (27). Ele foi convocado pelos parlamentares  para se justificar sobre apelidos que  teria colocado nos vereadores em um site de notícias onde escreve uma coluna. Barras localiza-se a 120 Km ao norte de Teresina.

O episódio dividiu opiniões. Para alguns, o traje de "Chico Trem", figura folclórica que viveu até os anos de 1970 em Barras, ofendeu a Casa Legislativa.

Chateados, os parlamentares da Terra dos Governadores não permitiram que João Germano Filho usasse a tribuna e ele terminou não falando porque apelidou os vereadores.

Alguns barrenses defendem o secretário nas redes sociais, relatando que o protesto através de trajes é comum nas manifestações brasileiras, onde as pessoas se vestem de palhaço e outras fantasias para demonstrarem que não estão satisfeitas com determinada situação.

Para a jornalista Maria Carcará, do longah.com, Germano "apostou em uma forma engraçada de protestar, ele lamentou que com tantas coisas sérias para discutir, os parlamentares decidiram dedicar uma sessão para tratar de apelidos.  Tudo foi uma forma cômica que ele usou para tratar de assuntos sérios como costuma fazer no portal de notícias que escreve. Na verdade, ele quis protestar com o que achou uma piada", finalizou a conceituada jornalista e professora universitária.

O requerimento de convocação de Germano Filho foi assinado pelos vereadores que fazem oposição ao prefeito Carlos Alberto Lages Monte:  Mauricio Pereira Damasceno, Emília Maciel Costa, Antônio Leite Neto, Jovelina Furtado, Vinício Marques, Vicente do Sindicato.

 

d1


d2

Fonte: Longah

Compartilhar

ComentÁRIOs