MPIAUÍ

Há 24 anos o ex-Presidente Lula e Dona Marisa Letícia estiveram em cidade do Médio Parnaíba. Veja!

Postado em 03/02/2017 17:09:47

Em 1993, o ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa, amiga e companheira de luta Marisa Leticia estiveram em terras amarantina, ou como momento histórico na famosa Escadaria que leva o nome do Poeta, natural de Amarante, Da Costa e Silva.

Lula e Marisa estiveram em Amarante em uma viagem política chamada ” Caravana da Redemocratização”. Para entender um pouco do objetivo de Lula e Marisa em Amarante, temos que voltar em 1982 quando a participação dos trabalhadores marcou no processo político brasileiro através de movimentos sindicais que articulou na a ação partidária da ação sindical, que superou as situações dos trabalhadores, e as massas tornando uma classe consciente do papel transformar a sociedade através das lutas de classes que se contrapõem à burguesia, as organizações que traduzem o grau atingindo por lutas sindicalistas com influência de um partido de trabalhadores.

Os movimentos operários concretizaram quando o governo possibilitou no fim do túnel  o direito de manifestar em prol dos seus objetivos, de forma coletiva dos trabalhadores das todas as categorias. O movimento sindical em período que o Brasil passava por transformações econômicas, nas produções automobilísticas e também em produções de bens de consumo por sua vez indicava sérios problemas por conta da desvalorizadas a  mão-de-obra dos trabalhadores.

Em 1979 movimentos sindicais metalúrgicos do ABC Paulista rapidamente repercuti em várias regiões do País, causando preocupação e reação econômica e o mesmo com outras categorias de trabalhadores definiram a organizaram suas greves, a organização dos movimentos “políticos” lutaram pelo fim da ditadura militar, no intuito propor melhor salários e condição de trabalho, a caminhada pela redemocratização do País.

Na cidade de Amarante houve também movimentos sindicais. Embora, a cidade estava longe das centrais sindicais, mas os militantes do PT, sempre na ideologia na intenção de criar o Partido dos Trabalhadores para representar a classe trabalhadora da cidade. Porém, “Lula” pela primeira vez conhece Amarante no intuito de aproximação direta com os militantes do PT e também com o homem do campo.

Quando Lula a veio em Amarante pela primeira vez os sindicalistas na época não tinha recebido o comunicado, porque o presidente do Sindicatos dos Trabalhador Rurais, Zé Bezerra dos Santos, era de outro partido de direita. Disse José de Sousa Silva, um dos sindicalistas da época.

A época em que o Partido dos Trabalhadores obteve seu registro de Diretório Municipal, a população de Amarante de certa forma teve uma reação sobre o PT de esquerda com discursos ideológico de oposição, aos governos, na história política de Amarante o PT consideravelmente pequeno para alcançar o mínimo na conquista ao cargo municipal, por sua vez seria um partido que pendurava nos discursos sindicalista radicalismo, na ideia de protestar pela liberdade, contra desigualdade social e má distribuição de renda.  Eram manifestação trousse com certo temor das pessoas com a presença de Lula em Amarante com os discursos do implantar sistema socialismo no Brasil sendo ocasionalmente sendo presidente.  De acordo José de Sousa Silva, diz no relato militante do PT.

(…) é pessoal devidos comentários que existia na época, pessoal falava que o Lula tinha uma bandeira vermelha que representava o partido os comunistas e tal. Isso é timidava muito a população, e que quando se falava e em eleitor e campanha pessoal ficava com medo, depois disso, teve um período mais pra car, e algumas liderança a que de município, andar visitando algumas comunidades, nos bairros e falavam faziam os comentários ai o pessoal ficavam comendo de vota no Lula. Isso foi a verdade, mau ai teve oportunidade de chega em algumas casas, pessoal falou que teve alguma liderança(…..) Falava fazia seus comentários, deixa a população com medo.

Como pode observa a imagem revela, em frente à escadaria Da Costa e Silva, militantes do PT de Amarante PI e também militantes do PT estadual e nacional, unidos período eleitoral para presidência da república e majoritários na campanhas eleitoral  com a Caravanas  Cidadania, liderado Lula em  1994, parecia um descontentamento por a maioria do povo quando se trata de um partido de esquerda. Nessa análise de pesquisa observa-se  logo após da fundação PT de  Amarante ainda existia resistência da maioria das pessoas ao apoiar o partido que representaria os trabalhadores porque viviam em incertezas com a relação ao partido e o Líder “Lula” por ser um partido de cor vermelho que significaria “guerra”, e por ser político  radical, nessa imagem retrata pequena multidão em torno de Luiz Inácio Lula da Silva no centro de Amarante Piauí.

Foto: Maria da Cruz Lopes Carvalho militante do partido, Amarante – PI 1993

A Caravana da Cidadania 1993 chega até na cidade de Amarante – PI, como analisar a imagem  colhida através de pesquisa campo pode chagar-mos uma conclusão de que Lula,  nesse período que anda não se formava companha eleitorais, mas sim caminhada da cidadania. Na  imagem a acompanha durante a caravana com  militantes do PT Local e do povo de Amarante observando Lula discusando de radical  mensagens de luta ainda pala redemocratização do Brasil.

Foto: Maria da Cruz Lopes Carvalho militante do partido, Amarante – PI 1993

Em 1993 Caravanas da cidadania em Amarante teve a visita de Lula com comitiva talvez fosse para tentativa com que o povo pedisse participar mais das lutas pela participação da politica na Brasil ou da região local.

As Caravanas da Cidadania percorreram 26 estados em um total de 359 cidades das quais Amarante foi inclusa na corrente organizadora na consolidação social do PT na política.

Segundo 3MIANI, caravana era tido como um movimento que rege a foça política popular no intuito de que todos a “massa” conheça tudo aquilo pode está em torno de nós que a política social porque sem essa política não existia movimento de mobilização. A caravana pode ser entendida como uma forma fazer política em época de eleição, mas pode ser de diversos seguimento quando se trata de movimento sociais. Foi que ocorreu em 1993/94 a caravana de Lula era não com intenção de percorrer pelo Brasil no intuito de mostra as realidades e que poderia construir de melhor para um País melhor.

*Informações do texto acima foi retirado sob autorização de uma monografia do estudante Jair Pacheco que se aprofundou nas pesquisas do Partido dos Trabalhadores em Amarante.

Fonte: Notícia Diária

Compartilhar

ComentÁRIOs