MPIAUÍ

Firmino Filho suspende taxa do lixo e cobrança só começa em 2018

Postado em 13/07/2017 08:18:52

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), determinou nesta quarta-feira (12) que a cobrança da taxa do lixo só comece de fato, a partir de 2018. O tucano justificou a medida após manifestações da população feitas diretamente ao executivo municipal. Em nota divulgada nas redes sociais pelo secretário de comunicação, Fernando Said, a PMT disse que está conseguindo com esforço manter seu equilibrio financeiro e que, por conta disso, vai iniciar a cobrança do imposto só no ano que vem.

"Diante das inúmeras manifestações relacionadas à cobrança de taxa domiciliar de lixo e das variadas reivindicações feitas diretamente à administração municipal, e considerando que mesmo diante da atual crise financeira que atinge drasticamente as finanças públicas, a Prefeitura de Teresina com esforço está conseguindo manter seu equilibrio financeiro, o prefeito Firmino Filho resolve atender aos reclames da população e determina que o início da cobrança da referida taxa seja efetivamente somente a partir de 2018", diz o comunicado.

A Prefeitura diz ainda que vai adotar todas as medidas legais e cabíveis para regulamentar a decisão tomada hoje e como será feita a restituição dos valores eventualmente já pagos pelos contribuintes.

Ontem, Firminou chegou a comentar as críticas pela cobrança da taxa de lixo em Teresina.  Durante o lançamento do Festival de Tambozeiros, o gestor disse que não esperava receber reclamações por conta da nova cobrança.

“Não esperava críticas sobre a taxa de lixo. Temos a obrigação de buscar financiamento desse serviço. Hoje Teresina gasta R$ 137 milhões com esse serviço”, explicou o prefeito, ressaltando que houve aumento na produção de lixo nos últimos 15 anos e, por isso, houve a aplicação da taxa. 

“Há 15 anos, Teresina produzia 500 gramas de lixo diariamente. Hoje, produção é de 700 gramas. Ou seja, houve um aumento de 40% nesses últimos anos. Estamos produzindo mais lixo, e esse lixo está retornando e destruindo a natureza. É preciso haver o descarte apropriado dos resíduos. Isso faz parte da Agenda do Século XXI”, destacou o prefeito. 

A PMT disponibilizou os telefones das unidades de atendimento ao público para que a população tire dúvidas: 3215-7561 (Centro) e 3215-7870 (Leste).

Fonte: cidadeverde

Compartilhar

ComentÁRIOs